ACESSO RESTRITO
REDES SOCIAIS

Notícias

Igeprev celebra 30 anos com valorização de seus beneficiários

16/08/2019 - Morgana Taíse/ Governo do Tocantins

O Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev-TO) completa 30 anos de comprometimento e respeito aos direitos previdenciários dos segurados e lança selo dos 30 anos. Preocupado com a valorização de seus beneficiários, o Instituto tem como proposta, uma gestão integrada com o servidor e compartilhada diariamente, na excelência da qualidade e prestação de seus serviços, aos mais de 14 mil aposentados e pensionistas.

Para o segurado pioneiro do Igeprev e primeiro presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, Osmar José da Silva é um privilégio ter contribuído com a criação do Estado. “Quero nessa oportunidade manifestar o meu reconhecimento a esse importante Instituto, não só pela sua eficiência, como também pela atenção e boa vontade como sempre me tem atendido. Quero assim cumprimentar e parabenizar o Igeprev, pelos relevantes serviços prestados ao Estado do Tocantins. Muito obrigado,” finaliza Osmar José.

Já para a servidora do Igeprev há 27 anos e gerente de Cadastro e Tempo de Contribuição, Luzia Lustosa de Sousa, “no início em Miracema, quando o Instituto ainda era Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado do Tocantins – Ipetins, foram muitas as dificuldades, hoje já superadas. Uma delas, a de ir e vir grávida de cinco meses, de Palmas para Miracema de ônibus diariamente, em estrada de chão,” recorda à servidora. “Trabalhar no Igeprev significa pra mim, sobretudo, dedicar-se cotidianamente as demandas previdenciárias e administrativas do Órgão com ética, responsabilidade e satisfação. Parabéns Igeprev pelos 30 anos. É uma honra fazer parte dessa família,” felicita o Instituto, Luzia Lustosa.

Com entusiasmo, o servidor e gerente de Execução Orçamentária, financeira e contábil, Pedro Pinto de Oliveira fala sobre gratidão e as boas lembranças, ao longo dos 25 anos dedicados à previdência no Instituto. “Uma das muitas histórias pra contar é a de quando eu trabalhava na época ainda como Ipetins. Nada era informatizado e havia a confecção das carteirinhas dos usuários, tudo feito manualmente na máquina de datilografia. Tempos bons,” lembra com carinho Pedro Pinto.

Da época de Ipetins até então, o Instituto de Previdência passou por muitas transformações. Entre elas a mudança de sede e de cidade, de Miracema do Tocantins, para Palmas em definitivo, em 1993. O Órgão no início quando Ipetins prestava tanto assistência à previdência quanto à saúde, dos servidores do novo Estado.

Enquanto Ipetins perpassou por alguns Órgãos como as Secretarias Estaduais de Saúde e de Administração, até a aquisição de sede própria, em 2010. O Igeprev também ampliou a partir de 2009 seu atendimento presencial, para as regiões Norte e Sul do Estado, com as Unidades de Serviço Rápido de Atendimento ao Cidadão - É Pra Já, em Araguaína e Gurupi. O Instituto também passou nos últimos anos, por um amplo processo de informatização dos processos físicos, além da qualificação de seus servidores, para melhor atender os beneficiários, com o Pró-Gestão (Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social).

“É com imensa satisfação que faço parte desse Instituto de Previdência,” pontua a vice-presidente do Instituto Ana Claudia Pereira da Cunha. “Poder fazer parte dessa família Igeprev é uma honra e estou imensamente feliz de poder fazer parte desses 30 anos. Parabéns Igeprev pelo comprometimento com todos os servidores e seus beneficiários,” conclui Ana Claudia.

“É muito gratificante trabalhar no Igeprev e fazer parte desses 30 anos de história do Instituto,” resalta o presidente do Igeprev, Sharlles Fernando Bezerra Lima. “O Igeprev tem buscado adotar as melhores práticas de gestão, para poder realizar um trabalho condizente com o que foi criado,” enfatiza Sharlles Fernando. “A significação dos 30 anos Igeprev pra mim é bastante relevante. Eu me recordo, em minha juventude, quando eu tinha 18 anos e morava vizinho ao Ipetins em Miracema, e tinha vizinhos que trabalhavam no Órgão. O Ipetins era referência pra mim, como organização pública do Estado. É o Órgão que eu mais tenho boas lembranças, por que ficava vizinho a minha casa,” recorda com apreço o presidente do Igeprev.  

“O Igeprev-TO alcançou uma grande evolução desde sua criação, agora é tempo de aperfeiçoar os métodos de trabalho, de modo a permitir maior celeridade, bem como fazer uma gestão de qualidade voltada para a satisfação dos segurados, demonstrando transparência e profissionalização, de modo a cumprir fielmente o seu papel de garantir a renda dos segurados no período da inatividade,” finaliza Sharlles Fernando.

De Ipetins a Igeprev

O Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev-TO) é o órgão responsável pela concessão de benefícios previdenciários aos servidores efetivos do Estado do Tocantins, seja de aposentadorias ou pensões por morte, e foi instituído através da Lei nº 72, de 31 de julho de 1989, cuja denominação constava como Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado do Tocantins - Ipetins, Órgão executor do sistema estadual da previdência e assistência ao servidor.

Os anos se passaram e com a reforma previdenciária em 1998, foi desvinculada a assistência à saúde do Instituto que passou a tratar apenas da previdência social. Mas foi com a Lei nº 72, reorganizada alguns anos depois, através da lei 1.246 de 2001, que foi instituído o RPPS/TO – Regime Próprio de Previdência Social do Tocantins, alterada posteriormente pela Lei nº 1.324/2002, que adequou o sistema de previdência social do Estado aos ditames da Legislação Federal, reestruturando, o Instituto de Previdência do Estado do Tocantins, sendo assim proibida à destinação dos mesmos fundos da previdência à saúde.

Em 2004, com a Lei nº 1.434 foi estabelecida a mudança na nomenclatura de Ipetins para Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev-TO). E com a Lei 1.837 de 2007, o Igeprev se consolidou como unidade gestora única RPPS, atribuindo ao Instituto à competência de gerir os benefícios previdenciários dos servidores públicos estaduais de todos os poderes, bem como do Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas e dos Militares do Estado, passando a se responsabilizar pelo pagamento dos benefícios previdenciários.

Sua primeira sede como Ipetins foi na cidade de Miracema do Tocantins, tinha aproximadamente 50 servidores, e teve como primeiro presidente, Vanderlan Moreira Santos. Osmar José da Silva foi o aposentado pioneiro do Ipetins em: 14/11/1989. Ele continua ativo na folha do Igeprev.

Em 1993, o Ipetins veio para Palmas e funcionou temporariamente em um prédio alugado, próximo a Praça dos Girassóis. Ao longo desses 30 anos, o Igeprev-TO funcionou e esteve vinculado à Secretaria Estadual da Administração – Secad e à Secretaria de Saúde. Em 2010 adquiriu sede própria. O Igeprev-TO conta com 14.200 beneficiários, entre aposentados e pensionistas.